Reforma administrativa de Bolsonaro não afeta juízes, parlamentares e militares

04/09/2020 11:44
Brasil de Fato | São Paulo (SP) |
 
O Ministro da Economia, Paulo Guedes, e Jair Bolsonaro (sem partido) colocam proposta de acabar com a estabilidade do serviço público e concurso público - Evaristo Sa/AFP

A proposta de reforma administrativa, encaminhada pelo governo de Jair Bolsonaro (sem partido) nesta quinta-feira (3) ao Congresso, quer acabar com a estabilidade dos servidores públicos. Mas não inclui nas novas regras os cargos de parlamentares, ministros de tribunais superiores, promotores, juízes e militares, categorias que têm algumas das remunerações mais altas no funcionalismo.

O argumento do governo é que os cargos obedecerem a normas distintas, em que o Executivo não pode definir regras no Judiciário e Legislativo. Mas o projeto do governo, que chegou a chamar os servidores públicos de parasitas, vale para os demais servidores dos três poderes, estados e municípios.

Os servidores de carreiras típicas de Estado (que só existem na administração pública) também permaneceriam estáveis. Posteriormente uma outra lei listará como essas carreiras vão ser afetadas.

Entre as mudanças também estão o corte benefícios dos futuros servidores, como a licença prêmio, adicional por ano de serviço, aumento de salário retroativos, permissão ao chefe do executivo extinguir órgãos por decreto e a facilitação da demissão de novos servidores.

::Instituto distorceu dados para fazer propaganda da reforma de Guedes, dizem entidades::

Atualmente, a regra geral é que o servidor público só pode ser demitido se for condenado sem mais possibilidades de recurso na Justiça ou se cometer infração disciplinar. Ou seja, é estável no cargo.

O objetivo do governo é flexibilizar as regras de estabilidade de novos servidores públicos por meio da contratação de empregados sob regime CLT e de funcionários temporários, não necessariamente via concurso público. Dessa maneira, a proposta define diferentes tipos de vínculos para servidores públicos, a depender da atividade exercida.

Seriam cinco grupos com regras de estabilidade diferentes. Entre eles apenas um teria estabilidade, em três o ingresso se daria por concurso público, e no último a admissão seria após o período de experiência.

Existiria também um grupo com contratos de duração indeterminada, que poderiam ser demitidos em um momento de necessidade de cortes de gastos, por exemplo. O ingresso também se dará por meio de concurso público.

Saiba mais: Em meio à pandemia, Paulo Guedes ameaça avançar nas privatizações no Brasil

Já o terceiro grupo seria composto por servidores com contrato temporário, além de não ter estabilidade no cargo, o ingresso na carreira será por meio de "seleção simplificada". O quarto grupo seria formado pelo atual cargo de confiança, com vínculos temporários e, seleção simplificada.

O quinto grupo é o vínculo de experiência, onde há a necessidade de um período de experiência, antes da efetivação. Farão parte dele os candidatos que ingressem ou no cargo típico de Estado, ou no prazo indeterminado. A admissão será por meio de concurso público.

O texto, enviado em formato de proposta de emenda à Constituição (PEC), ainda precisa ser aprovado pela Câmara e pelo Senado para virar lei.

Edição: Rodrigo Durão Coelho

 

CUT Pode Mais com A Classe

28/09/2020 14:48
Saúde slider lateral Slider principal  RS já registra mais de 177 mil casos de covid-19   23 de setembro de 2020   Imprensa Sindsepe  0 comentários Foram registrados 2.251 novos casos e 63 óbitos nas últimas 24h; estado já soma...
21/09/2020 18:48
A CUT-RS vai realizar no próximo dia 3 de outubro (sábado), das 9h às 13h, uma plenária estadual virtual para atualizar o debate da conjuntura brasileira e gaúcha, socializar o balanço e fortalecer as ações prioritárias e a agenda de lutas do segundo semestre. A previsão é de cerca de 400...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Notícias

28/09/2020 14:44
Esquerda vence eleições em Montevidéu, no Uruguai, e emplaca sétimo mandato consecutivo Capital uruguaia será administrada pela engenheira e ex-ministra da Indústria Carolina Cosse, que afirmou que sua gestão será focada em "limpeza, mobilidade e trabalho" Carolina Cosse vota em...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

CUT Pode Mais com A Classe

28/09/2020 14:48
Saúde slider lateral Slider principal  RS já registra mais de 177 mil casos de covid-19   23 de setembro de 2020   Imprensa Sindsepe  0 comentários Foram registrados 2.251 novos casos e 63 óbitos nas últimas 24h; estado já soma...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

CUT Pode Mais com A Classe

28/09/2020 14:48
Saúde slider lateral Slider principal  RS já registra mais de 177 mil casos de covid-19   23 de setembro de 2020   Imprensa Sindsepe  0 comentários Foram registrados 2.251 novos casos e 63 óbitos nas últimas 24h; estado já soma...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

CUT Pode Mais com A Classe

28/09/2020 14:48
Saúde slider lateral Slider principal  RS já registra mais de 177 mil casos de covid-19   23 de setembro de 2020   Imprensa Sindsepe  0 comentários Foram registrados 2.251 novos casos e 63 óbitos nas últimas 24h; estado já soma...
21/09/2020 18:48
A CUT-RS vai realizar no próximo dia 3 de outubro (sábado), das 9h às 13h, uma plenária estadual virtual para atualizar o debate da conjuntura brasileira e gaúcha, socializar o balanço e fortalecer as ações prioritárias e a agenda de lutas do segundo semestre. A previsão é de cerca de 400...
16/09/2020 09:33
Em audiência de conciliação no TST, direção da ECT mostra intransigência, não negocia e julgamento de dissídio fica para 21/09   Terminou agora a pouco reunião de conciliação convocada pela ministra do TST Kátia Arruda. A reunião deu início com a ministra fazendo resgate...
05/09/2020 16:35
A campanha da CUT-RS contra o tarifaço do governador Eduardo Leite (PSDB) não para. Após a divulgação de vários cards nas redes sociais, começaram a ser distribuídos nesta sexta-feira (4) milhares de panfletos com a manchete “Não vamos pagar a conta de novo”, denunciando as maldades da...
01/09/2020 19:44
CUT e demais centrais sindicais rejeitam redução do valor. Nenhum real a menos, dizem por meio de nota em que propõem ao Congresso Nacional que prorrogue a ajuda de R$ 600 até dezembro    Publicado: 01...
14/08/2020 09:29
via Correio do Povo Sem acesso a informações sobre o número de casos e mortes por conta do novo coronavírus em instituições de saúde mental no Rio Grande do Sul, o Sindicato dos Servidores Públicos (Sindsepe/RS) cobra esclarecimentos do Estado, desde julho, sobre a situação dos pacientes do...
13/08/2020 10:32
O Sistema Único de Saúde brasileiro responde por 75% dos atendimentos da população. Existe, entretanto, uma profunda contradição a respeito da gestão dos recursos: 9,4% do PIB nacional é destinado à saúde, de acordo com dados do Banco Mundial, mas, no entanto, 54% do gasto em saúde acontece no...
09/08/2020 11:59
Durante sua trajetória defendeu a Reforma Agrária, as comunidades tradicionais e denunciou o latifúndio e a marginalização dos povos do campo     8 de agosto de 2020 Foto tirada por Ana Helena Tavares, para o livro: Um Bispo Contra todas as Cercas Por...
06/08/2020 18:25
A CUT-RS e centrais sindicais promovem um ato simbólico nesta sexta-feira, 7 de agosto, Dia Nacional de Luta, em defesa da vida e do emprego e pelo “Fora Bolsonaro”. A manifestação será realizada, às 11 horas, no Largo Glênio Peres, no centro de Porto Alegre. Os participantes estarão usando...
06/08/2020 18:20
Número de ocupados é o menor da série. Desalento bate recorde. Massa de rendimentos encolhe R$ 12 bilhões em apenas um trimestre Por Vitor Nuzzi, da RBA Publicado 06/08/2020 - 13h30 Roberto Parizotti/CUT Fila em busca de vagas em São Paulo:...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Contato

CUT Pode Mais cutpodemais@gmail.com