País da covid: 19 milhões afastados, 18 milhões com jornada menor e 10 milhões sem renda

24/06/2020 16:57
Rendimento médio caiu 18% em maio. Segundo o IBGE, havia ainda 8,7 milhões de pessoas em “home office”, com destaque para as de ensino superior  Bruno Cecim/Agência Pará
Policlínica itinerante e terminal hidroviário em Almeirim (PA): são quase 19 milhões de pessoas afastados do trabalho devido à pandemia
 

São Paulo – No mês passado, 19 milhões dos 84,4 milhões de trabalhadores no país estavam afastados do serviço, segundo estimativa divulgada nesta quarta-feira (24) pelo IBGE. Desse total, eram 9,7 milhões sem remuneração, ou 11,5% da população ocupada. E perto de 28%, ou 18,3 milhões de pessoas, tiveram jornada abaixo da habitual.

Os dados fazem parte das Pnad Covid19, criada a partir da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, que acompanha o mercado de trabalho. Segundo o IBGE, havia ainda 2,4 milhões de pessoas acima da jornada normal. Mas o total de horas efetivamente trabalhadas na semana, no geral, ficou bem abaixo da média habitual, passando de 39,6 para 27,4, em maio.

Isso se refletiu no rendimento efetivamente recebido no mês passado. A média foi de R$ 1.899, queda de 18,2% em relação ao valor normalmente recebido (R$ 2.320). As quedas eram maiores no Nordeste e no Sudeste, onde a renda de maio correspondeu a 80,3% e 80,7%, respectivamente, do normal.
“Nós já sabíamos que havia uma parcela da população afastada do trabalho e agora a gente sabe que mais da metade dela está sem rendimento”, observou o diretor adjunto de pesquisas do IBGE, Cimar Azeredo. “São pessoas que estão sendo consideradas na força (de trabalho), mas estão com salários suspensos. Isso não é favorável e tem efeitos na massa de rendimentos gerada, que está estimada abaixo de R$ 200 bilhões.”

Auxílio emergencial

De acordo com a pesquisa, quase 40% dos domicílios (38,7%) receberam algum auxílio do governo em consequência da pandemia de coronavírus. O valor médio do benefício, segundo o IBGE, foi de R$ 847. Nas regiões Norte e Nordeste, esse auxílio atingiu mais metade dos domicílios.

Leia também: ‘Auxílio emergencial precisa ser estendido, e no mesmo valor’, afirma diretor do Dieese

A estimativa era de que o país tinha, em maio, 160,9 milhões de pessoas com 14 anos ou mais, que é considerada pelo instituto a população em idade de trabalhador. Mas 75,4 milhões estavam fora da força de trabalho, formada por 94,5 milhões. Destes, eram 84,4 milhões de ocupados e 10,1 milhões de desempregados.

Os números mostram certa diferença em relação à Pnad Contínua, que divulga dados trimestrais. As mulheres representavam 43,5% da força de trabalho, 42,8% dos ocupados e 49,5% dos desempregados, com taxa de desemprego maior que a dos homens (12,2% e 9,6%, respectivamente).

A região Nordeste era a que tinha o maior percentual de pessoas afastadas do trabalho devido ao isolamento social, segundo o IBGE. Eram 26,6% do total, para uma média nacional. No Sul, a taxa foi de 10,4%. Entre as pessoas com 60 anos ou mais, 27,3% estavam afastadas, participação que subiu para 33,3% no Nordeste.

Trabalhadores sem carteira

Entre as categorias de trabalhadores, o afastamento devido à pandemia atingiu 33,6% dos empregados domésticos sem carteira assinada. Em seguida, vieram os empregados setor público (29,8%) e do setor privado (22,9%), ambos também sem carteira.

“Claramente os trabalhadores domésticos sem carteira foram os mais afetados pela pandemia”, observou Cimar. “Parcela expressiva deles tem renda média abaixo de um salário mínimo. Já os com carteira foram menos afetados porque têm mais estabilidade”, acrescentou o diretor.

Entre os 65,4 milhões de pessoas não afastadas, 8,7 milhões estavam no chamado trabalho remoto ou home office. O número corresponde a 13,3% dos ocupados não afastados. Entre as mulheres, o percentual sobe para 17,9%, ante 10,3% dos homens. E vai a 38,3% no caso daqueles com nível superior completo ou com pós-graduação. Cai para 0,6% entre trabalhadores sem instrução ou com ensino fundamental incompleto.

O IBGE calculou ainda em 36,4 milhões o total de pessoas “pressionando o mercado de trabalho”. É a soma de desempregados com aquelas que gostariam de trabalhar, mas não procuraram serviço. Dessas, 26,8 milhões não procuraram devido à pandemia ou por falta de oportunidade na região.

Sintomas e internação

A pesquisa do IBGE quis ainda saber dos entrevistados se eles haviam sentido algum sintoma que pode, ou não, estar associado à covid-19. Assim, 24 milhões (11,4% da população) relataram sintomas de gripe. E 3,8 milhões (1,8%) apontaram perda de capacidade de sentir cheiro ou sabor. Perto de 1 milhão (0,5%) acusaram tosse, febre e dificuldade de respirar.

Das pessoas que haviam apresentado algum sintoma e procuraram atendimento em hospitais, 113 mil precisaram ser internadas, na maioria homens (59,4%) e de cor preta ou parda (56,3%), classificação usada pelo IBGE. Mais de 40% tinham idade superior a 60 anos. Dos internados, 31 mil precisaram ser sedados, intubados e colocados em respiração artificial.

Fonte: www.redebrasilatual.com.br/economia/2020/06/pais-da-covid-19-milhoes-afastados-18-milhoes-com-jornada-menor-e-10-milhoes-sem-renda/

CUT Pode Mais com A Classe

31/10/2020 09:55
Estudo alerta que, apesar de queda de casos e mortes, situação em cidades como Florianópolis e Fortaleza podem indicar ameaça de retomada da covid-19 Por Gabriel Valery, da RBA   NAILANA THIELY/ ASCOM UEPA Brasil é o segundo país com mais mortes,...
30/10/2020 19:04
Em simulação de 2º turno, a candidata do PCdoB aparece em empate técnico com Fortunati e Melo e vence Marchezan   Redação Brasil de Fato | Porto Alegre (RS) |   30 de Outubro de 2020 às...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Notícias

03/12/2020 18:25
A CUT-RS denunciou nesta quinta-feira (3) os nomes, os partidos e as fotos dos deputados e das deputadas que votaram a favor da emenda que estabelece reajuste zero para o salário mínimo regional de 2020, durante votação ocorrida no plenário da Assembleia Legislativa no final da tarde de terça-feira...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

CUT Pode Mais com A Classe

31/10/2020 09:55
Estudo alerta que, apesar de queda de casos e mortes, situação em cidades como Florianópolis e Fortaleza podem indicar ameaça de retomada da covid-19 Por Gabriel Valery, da RBA   NAILANA THIELY/ ASCOM UEPA Brasil é o segundo país com mais mortes,...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

CUT Pode Mais com A Classe

31/10/2020 09:55
Estudo alerta que, apesar de queda de casos e mortes, situação em cidades como Florianópolis e Fortaleza podem indicar ameaça de retomada da covid-19 Por Gabriel Valery, da RBA   NAILANA THIELY/ ASCOM UEPA Brasil é o segundo país com mais mortes,...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

CUT Pode Mais com A Classe

31/10/2020 09:55
Estudo alerta que, apesar de queda de casos e mortes, situação em cidades como Florianópolis e Fortaleza podem indicar ameaça de retomada da covid-19 Por Gabriel Valery, da RBA   NAILANA THIELY/ ASCOM UEPA Brasil é o segundo país com mais mortes,...
30/10/2020 19:04
Em simulação de 2º turno, a candidata do PCdoB aparece em empate técnico com Fortunati e Melo e vence Marchezan   Redação Brasil de Fato | Porto Alegre (RS) |   30 de Outubro de 2020 às...
28/10/2020 17:20
  A sociedade passa assim a defender   Análises distorcidas como as divulgadas também pelo Instituto Millenium e Banco Mundial ajudam governo a conduzir projeto de desmonte do Estado e precisam ser confrontada   O Dieese divulgou documento onde critica estudo da Confederação...
07/10/2020 18:45
  A carne bovina aumentou em 16 capitais   Os preços da cesta básica coletados pelo Dieese subiram, em setembro, nas 17 capitais pesquisadas. No ano, o instituto só não apurou alta em Brasília. No acumulado em 12 meses, o aumento também é generalizado, de acordo com os dados divulgados na...
06/10/2020 17:28
  (Foto: Reprodução)     “(...) Não transformem a casa do meu Pai num mercado” (Jesus, na Bíblia, em João, 2, 16).   Nossa geração está perdida: precisamos agora corrigir os rumos da história para salvar a próxima. Como nossos netos estudarão...
28/09/2020 14:48
Saúde slider lateral Slider principal  RS já registra mais de 177 mil casos de covid-19   23 de setembro de 2020   Imprensa Sindsepe  0 comentários Foram registrados 2.251 novos casos e 63 óbitos nas últimas 24h; estado já soma...
21/09/2020 18:48
A CUT-RS vai realizar no próximo dia 3 de outubro (sábado), das 9h às 13h, uma plenária estadual virtual para atualizar o debate da conjuntura brasileira e gaúcha, socializar o balanço e fortalecer as ações prioritárias e a agenda de lutas do segundo semestre. A previsão é de cerca de 400...
16/09/2020 09:33
Em audiência de conciliação no TST, direção da ECT mostra intransigência, não negocia e julgamento de dissídio fica para 21/09   Terminou agora a pouco reunião de conciliação convocada pela ministra do TST Kátia Arruda. A reunião deu início com a ministra fazendo resgate...
05/09/2020 16:35
A campanha da CUT-RS contra o tarifaço do governador Eduardo Leite (PSDB) não para. Após a divulgação de vários cards nas redes sociais, começaram a ser distribuídos nesta sexta-feira (4) milhares de panfletos com a manchete “Não vamos pagar a conta de novo”, denunciando as maldades da...
01/09/2020 19:44
CUT e demais centrais sindicais rejeitam redução do valor. Nenhum real a menos, dizem por meio de nota em que propõem ao Congresso Nacional que prorrogue a ajuda de R$ 600 até dezembro    Publicado: 01...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Contato

CUT Pode Mais cutpodemais@gmail.com