DIAP: vitórias e derrotas na agenda trabalhista do governo Bolsonaro

18/07/2020 10:52

O Senado Federal ao retirar da pauta de votação o PLV 18/2020, oriundo da MP 927/2020, que dispõe sobre mudanças nas relações de trabalho em função do estado de calamidade pública decorrente da Covid-19, representou mais uma vitória para os trabalhadores no Congresso Nacional.

MP 927, que perde a validade no dia 19 de março, domingo próximo, está definitivamente enterrada pelo Congresso Nacional, para o bem dos trabalhadores, que viam mais alguns de seus direitos na iminência de serem destroçados pelo governo Bolsonaro.

E, para entender melhor toda agenda colocada para votação desde o início da atual legislativa em 2019, o Diap sistematizou um placar com vitorias e derrotas, sendo totais ou parciais, nas 10 principais propostas de interesse dos trabalhadores e servidores examinadas no Congresso Nacional.

Vitória dos trabalhadores

1. Contribuição sindical - MP 873/2019, que não foi votada pelas duas Casas do Congresso Nacional, teve seu prazo de validade expirado em 28/06/2019.  A medida, publicada em 1º de março, reforça as mudanças já determinadas pela reforma trabalhista (Lei nº 13.467, de 2017) ao tentar impedir o desconto em folha salarial da contribuição sindical, que passaria a ser feita através de boleto bancário encaminhado à residência do empregado ou à sede da empresa.

2. Liberdade Econômica - MP 881/2019 transformada na Lei nº 13.874/2019, conhecida como Lei da Liberdade Econômica, teve durante sua tramitação mudanças na tentativa de introduzir a autorização do trabalho aos domingos e feriados, sem necessidade de permissão prévia do poder público e a revogação da Lei nº 4.178/1962, que veda a abertura de bancos e outros estabelecimentos de crédito aos finais de semana. Portanto, ameaçava a jornada de trabalho dos bancários, que garante folga aos sábados.

3. Carteira de Trabalho Verde e Amarelo - MP 905/2019, publicada em 12/11/2019, além de instituir o Contrato de Trabalho Verde e Amarelo, buscava implementar uma nova reforma trabalhista com diversas alterações e inovações relevantes também nas legislações previdenciária e tributária. Aprovada na Câmara dos Deputados, e sem consenso no Senado Federal, a MP caducou em 20/04/2020.

4. Manutenção do Emprego e da Renda - MP 936/2020convertida na Lei nº 14.020/2020, diferentemente do texto original enviado pelo  governo, durante a tramitação na Câmara dos Deputados e no Senado Federal, foi aprovada com mudanças relevantes nas regras que permitiram melhorar a participação dos sindicatos nos acordos e convenções coletivas e na compensação para os trabalhadores da redução de salários e da jornada de trabalho ou da suspensão do contrato de trabalho durante o estado de calamidade pública relacionada ao coronavírus.

5. Contratação temporário no serviço público - MP 922/2020, que buscava ampliar regras de contratação temporária no serviço público, perdeu a validade em 29/06/2020. O texto da medida provisória permitia a contratação dos servidores para várias áreas como, por exemplo, para contratação de professores substitutos e o suprimento de demandas excepcionais para aperfeiçoamento de médicos na área de atenção básica em saúde em regiões prioritárias para o Sistema Único de Saúde (SUS).

6. Participação dos trabalhadores no FAT e Caixa Econômica Federal como operador do FGTS -  MP 889/2019, convertida na Lei nº 13.932/2019, foi aprovada permitindo aos trabalhadores com contas vinculadas ao FGTS um saque imediato de até R$ 500, criou o saque-aniversário e autorizou outras medidas relativas à gestão e aplicação dos recursos do FGTS,  mas pela pressão dos trabalhadores, foi possível derrotar a intenção do governo e do relator de retirar a Caixa Econômica Federal como gestora exclusiva do Fundo e de acabar com a participação dos trabalhadores no Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador – CODEFAT.

Derrota dos trabalhadores

1. Extinção do Mistério do Trabalho e Emprego - a extinção do Ministério do Trabalho e Emprego através da MP 870/2019, convertida na Lei nº 13.844/2019, que reorganizou a estrutura administrativa do governo federal, conforme vinha anunciando o presidente durante o período de transição de governo. Ela foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União, no dia 01/01/2019.

2. Reforma da previdência - Aprovada no Congresso Nacional, a reforma da previdência que tramitou como PEC 6/2019, foi promulgada como Emenda Constitucional 103, mesmo com mudanças importantes que afetavam as pessoas mais vulneráveis, trabalhadores rurais e professores, dentre outros assuntos, a reforma trouxe enorme retrocesso com a perda de direitos tanto para trabalhadores, servidores, aposentados e pensionistas ao pedir o benefício previdenciário.

3. Congelamento do salário dos servidores –  Veto ao PLP 39/2019, que condicionou a ajuda a estado e municípios à proibição de aumento para servidores até 2021. Deputados e senadores incluíram no texto a possibilidade de excetuar algumas carreiras, entre elas a de saúde e segurança, mas o presidente vetou esse trecho. O Congresso Nacional ainda pode derrubar o veto do presidencial.

Fonte : www.diap.org.br/index.php/noticias/noticias/89935-diap-vitorias-e-derrotas-na-agenda-trabalhista-do-governo-bolsonaro

 

CUT Pode Mais com A Classe

28/09/2020 14:48
Saúde slider lateral Slider principal  RS já registra mais de 177 mil casos de covid-19   23 de setembro de 2020   Imprensa Sindsepe  0 comentários Foram registrados 2.251 novos casos e 63 óbitos nas últimas 24h; estado já soma...
21/09/2020 18:48
A CUT-RS vai realizar no próximo dia 3 de outubro (sábado), das 9h às 13h, uma plenária estadual virtual para atualizar o debate da conjuntura brasileira e gaúcha, socializar o balanço e fortalecer as ações prioritárias e a agenda de lutas do segundo semestre. A previsão é de cerca de 400...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Notícias

28/09/2020 14:44
Esquerda vence eleições em Montevidéu, no Uruguai, e emplaca sétimo mandato consecutivo Capital uruguaia será administrada pela engenheira e ex-ministra da Indústria Carolina Cosse, que afirmou que sua gestão será focada em "limpeza, mobilidade e trabalho" Carolina Cosse vota em...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

CUT Pode Mais com A Classe

28/09/2020 14:48
Saúde slider lateral Slider principal  RS já registra mais de 177 mil casos de covid-19   23 de setembro de 2020   Imprensa Sindsepe  0 comentários Foram registrados 2.251 novos casos e 63 óbitos nas últimas 24h; estado já soma...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

CUT Pode Mais com A Classe

28/09/2020 14:48
Saúde slider lateral Slider principal  RS já registra mais de 177 mil casos de covid-19   23 de setembro de 2020   Imprensa Sindsepe  0 comentários Foram registrados 2.251 novos casos e 63 óbitos nas últimas 24h; estado já soma...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

CUT Pode Mais com A Classe

28/09/2020 14:48
Saúde slider lateral Slider principal  RS já registra mais de 177 mil casos de covid-19   23 de setembro de 2020   Imprensa Sindsepe  0 comentários Foram registrados 2.251 novos casos e 63 óbitos nas últimas 24h; estado já soma...
21/09/2020 18:48
A CUT-RS vai realizar no próximo dia 3 de outubro (sábado), das 9h às 13h, uma plenária estadual virtual para atualizar o debate da conjuntura brasileira e gaúcha, socializar o balanço e fortalecer as ações prioritárias e a agenda de lutas do segundo semestre. A previsão é de cerca de 400...
16/09/2020 09:33
Em audiência de conciliação no TST, direção da ECT mostra intransigência, não negocia e julgamento de dissídio fica para 21/09   Terminou agora a pouco reunião de conciliação convocada pela ministra do TST Kátia Arruda. A reunião deu início com a ministra fazendo resgate...
05/09/2020 16:35
A campanha da CUT-RS contra o tarifaço do governador Eduardo Leite (PSDB) não para. Após a divulgação de vários cards nas redes sociais, começaram a ser distribuídos nesta sexta-feira (4) milhares de panfletos com a manchete “Não vamos pagar a conta de novo”, denunciando as maldades da...
01/09/2020 19:44
CUT e demais centrais sindicais rejeitam redução do valor. Nenhum real a menos, dizem por meio de nota em que propõem ao Congresso Nacional que prorrogue a ajuda de R$ 600 até dezembro    Publicado: 01...
14/08/2020 09:29
via Correio do Povo Sem acesso a informações sobre o número de casos e mortes por conta do novo coronavírus em instituições de saúde mental no Rio Grande do Sul, o Sindicato dos Servidores Públicos (Sindsepe/RS) cobra esclarecimentos do Estado, desde julho, sobre a situação dos pacientes do...
13/08/2020 10:32
O Sistema Único de Saúde brasileiro responde por 75% dos atendimentos da população. Existe, entretanto, uma profunda contradição a respeito da gestão dos recursos: 9,4% do PIB nacional é destinado à saúde, de acordo com dados do Banco Mundial, mas, no entanto, 54% do gasto em saúde acontece no...
09/08/2020 11:59
Durante sua trajetória defendeu a Reforma Agrária, as comunidades tradicionais e denunciou o latifúndio e a marginalização dos povos do campo     8 de agosto de 2020 Foto tirada por Ana Helena Tavares, para o livro: Um Bispo Contra todas as Cercas Por...
06/08/2020 18:25
A CUT-RS e centrais sindicais promovem um ato simbólico nesta sexta-feira, 7 de agosto, Dia Nacional de Luta, em defesa da vida e do emprego e pelo “Fora Bolsonaro”. A manifestação será realizada, às 11 horas, no Largo Glênio Peres, no centro de Porto Alegre. Os participantes estarão usando...
06/08/2020 18:20
Número de ocupados é o menor da série. Desalento bate recorde. Massa de rendimentos encolhe R$ 12 bilhões em apenas um trimestre Por Vitor Nuzzi, da RBA Publicado 06/08/2020 - 13h30 Roberto Parizotti/CUT Fila em busca de vagas em São Paulo:...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Contato

CUT Pode Mais cutpodemais@gmail.com