Caso de Mariana Ferrer ganha atos de apoio pelo Brasil

04/11/2020 17:22

Em São Paulo, mulheres vão às ruas no domingo (8), a partir das 13h, na Avenida Paulista

George Campos / USP Imagens
Também no domingo haverá uma manifestação no Rio de Janeiro. O ato será às 13h, na Cinelândia
São Paulo – A influenciadora Mariana Ferrer terá vozes de apoio no próximo final de semana. Entre sábado (7) e domingo, movimentos feministas marcaram manifestações, em diversas capitais do país, contra o julgamento que inocentou o estuprador de Mariana, André de Camargo Aranha .

André havia sido identificado pela Polícia como autor do ato de violência sexual, que teria ocorrido durante uma festa em Jurerê Internacional, Florianópolis, no final de 2018. À época com 21 anos, Mariana, que era virgem, denunciou ter sido dopada e violentada.

O promotor argumentou que o empresário não teria como saber que Mariana Ferrer não estava em condições de consentir a relação. Além disso, em uma das audiências, o advogado do acusado Cláudio Gastão da Rosa Filho mostrou fotos sensuais da jovem para questionar a acusação de estupro. Ele dispara ofensas e ataques contra a vítima, que chora.

 

O caso chocou grande parte da população. Em São Paulo, mulheres vão às ruas no domingo, a partir das 13h, no Museu de Arte de São Paulo (Masp). No mesmo dia, também haverá uma manifestação no Rio de Janeiro. O ato está marcado para às 13h, na Cinelândia, região central da capital.

Ainda no dia 8, outras capitais irão se mobilizar: em Campo Grande-MS, uma manifestação começa no Aquário do Pantanal, às 15h; Porto Alegre realiza terá concentração também às 15h, na Esquina Democrática; Já Recife marcou um ato, às 14h, no Parque Treze de Maio, no bairro Boa Vista.

Florianópolis, onde ocorreu o crime, também terá apoio à Mariana, com manifestação marcada para às 15h, do domingo, na Avenida Rio Branco, no centro. No sábado, outras três capitais se mobilizam: Palmas, às 15h, na Praça dos Girassóis; Maceió, na Avenida Fernandes Lima, às 14h; e em Brasília, na Praça dos Três Poderes, também às 15h.

Clubes apoiam Mariana

O caso de Mariana Ferrer repercutiu também no meio do futebol. Clubes de todo o país se solidarizaram com a influenciadora e criticaram a tese do “estupro culposo”. Em quase todas as publicações nas redes sociais, os times também divulgaram o telefone 180, que presta uma escuta e acolhida qualificada às mulheres em situação de violência.

Os principais clubes de São Paulo e do Rio de Janeiro se manifestaram. Com a hashtag #EstuproCulposoNãoExiste, o Corinthians publicou: “A violência física e psicológica contra a mulher é inaceitável. Denuncie!”. Já o São Paulo disse repudiar a violência de gênero em todas suas formas de manifestação. “Toda relação sexual sem consentimento é estupro. Falar em estupro não intencional é desrespeitar profundamente as vítimas e correr o risco de abrir um perigoso precedente”, tuitou.

O Palmeiras afirmou que “falar em estupro não intencional é desrespeitar profundamente as vítimas, as mulheres e toda a sociedade”. O Vasco, o primeiro clube a se manifestar, retuitou todos os posicionamentos de clubes brasileiros e puxou a hashtag: #justicapormariferrer.

Investigação e anulação

Para a Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) o julgamento que inocentou o estuprador de Mariana Ferrer pode ser anulado. A advogada Tânia Oliveira, da ABJD, destaca que o juiz Rudson Marcos tem responsabilidade em ter permitido a barbárie contra Mariana Ferrer durante a audiência. “A grande agressão foi aquela audiência, que é caso de nulidade”, afirmou à RBA, sobre o caso denunciado pelo Intercept.

Já a seccional catarinense da Ordem dos Advogados do Brasil informou que vai enviar um ofício pedindo esclarecimentos preliminares ao advogado Cláudio Gastão da Rosa Filho. A entidade explica que processos disciplinares tramitam no Tribunal de Ética e Disciplina da OAB-SC e são sigilosos até o seu desfecho.

Além disso, o conselheiro Henrique Ávila, do Conselho Nacional de Justiça, enviou, nesta terça-feira, um ofício para corregedora nacional de Justiça, ministra Thereza de Assis Moura, pedindo que se apure a conduta do juiz Rudson Marcos.

De acordo com o trecho do documento, “causa-nos espécie que a humilhação a que a vítima é submetida pelo advogado do réu ocorre sem que o juiz que preside o ato tome qualquer providência para cessar as investidas contra a depoente”. O conselheiro diz que o magistrado, ao não intervir, “aquiesce com a violência cometida contra quem já teria sofrido repugnante abuso sexual”.

 

CUT Pode Mais com A Classe

21/01/2021 09:29
Por que as instituições não reagem à altura a Bolsonaro Categoria: Agência DIAP   Publicado: 19 Janeiro 2021 Bolsonaro Marcos Verlaine Congresso Nacional Imprensa Judiciário instituições da democracia reação Em 28 anos ou 7 mandatos como deputado federal, o...
31/10/2020 09:55
Estudo alerta que, apesar de queda de casos e mortes, situação em cidades como Florianópolis e Fortaleza podem indicar ameaça de retomada da covid-19 Por Gabriel Valery, da RBA   NAILANA THIELY/ ASCOM UEPA Brasil é o segundo país com mais mortes,...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Notícias

21/01/2021 09:34
Fogo atinge o terminal 1 do Instituto Serum da Índia, maior produtor do mundo da vacina AstraZeneca, usada contra a Covid-19 Por Plinio Teodoro   21 jan 2021 - 07:53 Incêndio no Instituto Serum, maior fabricante de vacinas do mundo, na Índia...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

CUT Pode Mais com A Classe

21/01/2021 09:29
Por que as instituições não reagem à altura a Bolsonaro Categoria: Agência DIAP   Publicado: 19 Janeiro 2021 Bolsonaro Marcos Verlaine Congresso Nacional Imprensa Judiciário instituições da democracia reação Em 28 anos ou 7 mandatos como deputado federal, o...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

CUT Pode Mais com A Classe

21/01/2021 09:29
Por que as instituições não reagem à altura a Bolsonaro Categoria: Agência DIAP   Publicado: 19 Janeiro 2021 Bolsonaro Marcos Verlaine Congresso Nacional Imprensa Judiciário instituições da democracia reação Em 28 anos ou 7 mandatos como deputado federal, o...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

CUT Pode Mais com A Classe

21/01/2021 09:29
Por que as instituições não reagem à altura a Bolsonaro Categoria: Agência DIAP   Publicado: 19 Janeiro 2021 Bolsonaro Marcos Verlaine Congresso Nacional Imprensa Judiciário instituições da democracia reação Em 28 anos ou 7 mandatos como deputado federal, o...
31/10/2020 09:55
Estudo alerta que, apesar de queda de casos e mortes, situação em cidades como Florianópolis e Fortaleza podem indicar ameaça de retomada da covid-19 Por Gabriel Valery, da RBA   NAILANA THIELY/ ASCOM UEPA Brasil é o segundo país com mais mortes,...
30/10/2020 19:04
Em simulação de 2º turno, a candidata do PCdoB aparece em empate técnico com Fortunati e Melo e vence Marchezan   Redação Brasil de Fato | Porto Alegre (RS) |   30 de Outubro de 2020 às...
28/10/2020 17:20
  A sociedade passa assim a defender   Análises distorcidas como as divulgadas também pelo Instituto Millenium e Banco Mundial ajudam governo a conduzir projeto de desmonte do Estado e precisam ser confrontada   O Dieese divulgou documento onde critica estudo da Confederação...
07/10/2020 18:45
  A carne bovina aumentou em 16 capitais   Os preços da cesta básica coletados pelo Dieese subiram, em setembro, nas 17 capitais pesquisadas. No ano, o instituto só não apurou alta em Brasília. No acumulado em 12 meses, o aumento também é generalizado, de acordo com os dados divulgados na...
06/10/2020 17:28
  (Foto: Reprodução)     “(...) Não transformem a casa do meu Pai num mercado” (Jesus, na Bíblia, em João, 2, 16).   Nossa geração está perdida: precisamos agora corrigir os rumos da história para salvar a próxima. Como nossos netos estudarão...
28/09/2020 14:48
Saúde slider lateral Slider principal  RS já registra mais de 177 mil casos de covid-19   23 de setembro de 2020   Imprensa Sindsepe  0 comentários Foram registrados 2.251 novos casos e 63 óbitos nas últimas 24h; estado já soma...
21/09/2020 18:48
A CUT-RS vai realizar no próximo dia 3 de outubro (sábado), das 9h às 13h, uma plenária estadual virtual para atualizar o debate da conjuntura brasileira e gaúcha, socializar o balanço e fortalecer as ações prioritárias e a agenda de lutas do segundo semestre. A previsão é de cerca de 400...
16/09/2020 09:33
Em audiência de conciliação no TST, direção da ECT mostra intransigência, não negocia e julgamento de dissídio fica para 21/09   Terminou agora a pouco reunião de conciliação convocada pela ministra do TST Kátia Arruda. A reunião deu início com a ministra fazendo resgate...
05/09/2020 16:35
A campanha da CUT-RS contra o tarifaço do governador Eduardo Leite (PSDB) não para. Após a divulgação de vários cards nas redes sociais, começaram a ser distribuídos nesta sexta-feira (4) milhares de panfletos com a manchete “Não vamos pagar a conta de novo”, denunciando as maldades da...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Contato

CUT Pode Mais cutpodemais@gmail.com